A Arte Santeira vai ao Rio de Janeiro Exposição em Niterói (RJ) conta com participação de obras piauienses.

 

A Exposição “Entre Anjos e Palmeiras”, ocorrerá de 03 de abril a 04 de agosto no Museu Janete Costa de Arte Popular, em Niterói, Rio de Janeiro. Quatorze artesãos piauienses participarão da exposição com esculturas de anjos. As peças podem ser vistas de 10:00 ás 18:00 horas, de terça a domingo. A classificação indicativa da exposição é livre.

O artesão Raimundo Ferreira Lima, mestre DIM, fala sobre a parceria do Governo do Estado com a SUDARPI: “Essa parceria que foi feita com o Museu de Niterói vem fortalecer e dar mais credibilidade ao artesão piauiense, não desmerecendo os outros estados. Eu que comecei aqui como adolescente, hoje tenho vários meninos que aprenderam comigo e que estão participando desse museu. O Xexéu, e outros que estão participando também, André, Josué…”, conta.

Ele ressalta também a importância da valorização do artesanato produzido pelos mais jovens, como forma de incentivo a propagação da arte: “Dizem que o artesão nasce com um dom, mas a gente procura sempre descobrir o dom naqueles adolescentes, para que o artesanato seja mostrado em outros lugares”.

O museu Janete Costa de Arte popular, que já tem um histórico de exposições que refletem as raízes e a cultura da região nordestina, agora contará com a participação piauiense em seu acervo. Além do artesanato, a exposição homenageará também a Capital Teresina, sua “cajuína cristalina”, seu céu azul e seu “anjo” torto, o poeta Torquato Neto. Destaca o Curador Jorge Mendes: “Além de grande letrista e jornalista, foi um experimentador ligado à contracultura. Com participação ativa na criação da Tropicália”. Conclui o curador, em relação ao poeta.

O superintendente do artesanato, Jordão Costa, conta sobre a importância dessa exposição para a cultura piauiense e lembra também de obras com atual localização internacional. “Hoje é um dia de grande significado para a cultura piauiense através de nossa arte santeira, umas das mais fortes expressões de nosso rico artesanato, presente nos cinco continentes com obras no Vaticano e na Casa Branca e a partir de hoje com peças no Museu de arte popular Janete Costa”. O superintendente encerra sua fala agradecendo a todos os responsáveis por essa realização.

 

Texto: Wallace Iago –  ASCOM SUDARPI

Fotos:  ASCOM – Museu Janete Costa de Arte Popular